Literatura Aqui (I)

Esta semana, seguimos o horizonte da Insularidade na Literatura... Aqui | 03 Mai, 2016 | Episódio 33

Partilhar este episódio
Posi�ao Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - Literatura Aqui

Literatura Aqui (I)

Esta semana, seguimos o horizonte da Insularidade na Literatura... Aqui | 03 Mai, 2016 | Epis�dio 33

Rodeados pelo mar, como se fosse ele o responsável por todos os males e alegrias, Pedro Lamares inicia a viagem por alguns dos autores que, nascendo ou não numa ilha, se dizem insulares. O açoriano João de Melo, nascido em São Miguel, não tem dúvidas de que a insularidade é uma condição que o acompanha pela vida fora. É pela voz deste autor que chegaremos a tantos outros, como por exemplo Raul Brandão ou Antonio Tabucchi, que escreveram sobre ilhas. Pela insularidade, chegamos também a Cabo Verde. Primeiro pela poesia de Arménio Vieira, depois pela memória de um "flagelado do vento-leste" - Ovídio Martins, natural de São Vicente, foi voz-maior da poesia militante. De regresso aos portugueses, a incontornável Natália Correia com o poema "Nascitura". Tempo ainda para uma breve incursão pelo teatro com a obra de Jorge Ferreira de Vasconcelos, importante dramaturgo quinhentista. A fechar, um estendal com calças vermelhas para ouvir versos de Ana Paula Inácio, na voz de Filipa Leal.
O programa de literatura apresentado por Pedro Lamares está de volta com nome novo: Literatura Aqui. A palavra escrita continua em primeiro lugar, com diferentes momentos de elogio à obra literária, sendo esta segunda série mais ambiciosa na premissa de tocar em todos os géneros e estilos - poesia, ensaio, teatro, conto, crónica, fábula, novela, policial, romance, etc.