O Sábio

13 Nov, 2017 | Episódio 209

Partilhar este episódio
Posi�ao Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - O Sábio

O Sábio

13 Nov, 2017 | Episódio 209

Pedro comunica a Carmen que face à acusação que ele enfrenta, irá sair da lista para não os prejudicar. Carmen mostra-se preocupada com a situação, mas Pedro mostra-se confiante. Rogério diz a Sandra que vai fazer umas entregas longe e por isso não irá jantar. Sandra não fica convencida e diz-lhe que falou com Jorge e é importante ele ir a um psicólogo. Rogério diz-lhe que esse assunto já está resolvido. Na véspera da votação para a Associação Humanitária, Luís, Mariana e Carmen estão ansiosos com os resultados. Carmen conta-lhes que Pedro saiu da lista para não os prejudicar. Mariana fica espantada por não acreditarem na versão de Valentim sobre o que aconteceu com Gil, mas Luís diz-lhe que Valentim nunca gostou de Pedro devido à ligação a Carmen. Alzira aparece arranjada para sair e Raúl mostra-se incomodado. Jorge aparece e o ambiente fica mais constrangedor. Assim que os dois saem, Júlia incentiva o filho a seguir com a sua vida, considera que a Alzira é que devia ficar no restaurante para ele ir sair. Rita mostra-se feliz ao saber que a sua banda preferida vai estar em Portugal e diz a João que vai querer ir. João comenta que ele teve de deixar de fazer as coisas de que gostava e deixou de ter miúdas interessadas nele. Rita surpreende-o com um beijo e diz-lhe que tem uma miúda interessada nele. Cremilde assiste e fica esperançada que os dois se tenham voltado a entender.
Sandra pergunta a Valentim por Rogério e ele diz-lhe que ele foi a Estremoz fazer umas entregas. Os dois conversam sobre a fase difícil de Rogério e Sandra assume que perdeu a confiança nele. André e Madalena voltam a cruzar-se, ela vai ter com ele e diz-lhe que como ele não se soube retirar quando ela lhe disse, tem outra proposta e entrega-lhe um envelope com muito dinheiro e diz-lhe para ele desaparecer. Madalena leva um bolo para o jantar em casa de Cândida. Todos ficam surpreendidos pois é igual a um que a Manuela fazia. Romão fica interessado em Madalena. Durante o jantar Cândida estabelece várias comparações entre Madalena e Manuela. Madalena mostra-se compreensiva pelo facto de imaginar ser duro uma mãe perder uma filha. João confessa a Rita que precisou de a perder para lhe dar valor. Cremilde e António querem fechar o clube, mas decidem deixar os dois namorarem um bocadinho e deixam a chave com João. Assim que saem, João e Rita beijam-se apaixonadamente.
Pedro Homem acabou de regressar à cidade onde nasceu e onde passou a maior parte da sua vida (Montemor-o-Novo). Mas de onde desapareceu sem deixar rasto e esteve misteriosamente ausente durante 20 anos.
As razões do seu desaparecimento foram sempre alvo de especulação. Pedro era uma figura popular na cidade, conhecido por fazer as pessoas olharem para a vida por outra perspetiva - e com isso gerou milagres que sempre recusou serem da sua responsabilidade. Na verdade, Pedro tem um dom inexplicável: por vezes vê o futuro. Mas as visões do futuro podem ser simultaneamente uma bênção e uma armadilha. Pedro é, aliás, o exemplo disso: quando ainda jovem, vê a sua namorada, Carmen, vestida de noiva num caixão, com um anel de noivado que perceciona ter sido dado por ele. Como se o destino o avisasse que nunca poderiam viver juntos, talvez por sentirem um amor maior que o mundo.
Pedro acaba por se envolver, já jovem adulto, com Manuela, e tem uma filha com ela. Mas vive então momentos tempestuosos e recebe uma séria ameaça de morte. Para sobreviver, tem de abandonar Montemor - perdendo o contacto com a filha de 5 anos, Sofia. Parte sem dizer nada a ninguém porque não conseguiria explicar uma outra visão que marca a sua vida: o coração dele e da filha estão ligados por um laço especial do destino. Se aquela ameaça de morte se cumprisse e ele morresse, a sua filha morreria também.
Porque voltou Pedro agora? Pela filha? Por Carmen? Por ele próprio?
Montemor-o-Novo está diferente, nestes 20 anos muita coisa mudou. Manuela é entretanto uma taróloga famosa. Carmen explora uma quinta de produção biológica. Sofia é farmacêutica.
Mas há coisas que se mantêm: o Clube de pesca onde os velhos amigos de Pedro ainda se reúnem, o quartel de Bombeiros onde estão sempre prontos os soldados da paz mais divertidos do país e a influência subterrânea e maliciosa de Cândida, a chamada ?bruxa do Alentejo? e mãe de Manuela.
O Sábio é uma estória passada numa cidade antiga e sábia, grande o suficiente para guardar muitos segredos que vão agora ser revelados.