O Sábio

02 Fev, 2018 | Episódio 237

Partilhar este episódio
Posição Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - O Sábio

O Sábio

02 Fev, 2018 | Episódio 237

Alvo de atenções, André dá a entender que Luís lhe vai bater. Luís está tão chateado por André não desistir de Sofia que nem percebe que está a ceder à sua provocação. Sofia avisa-o de que não pode ceder às provocações de André e adverte-o que tem muito a perder. Ao longe, André sorri provocador. Telmo pede ajuda a Dulce para preparar uma dança surpresa a Marco. Dulce adora a ideia. Felícia quer ajudar Carmen para compensar a ausência de Rogério. Sente-se culpada por tudo. Carmen diz-lhe que é um disparate, pois não tem culpa de nada. A irmã de Felícia que está em França liga-lhe para lhe dizer que Rogério já chegou e Felícia vê-se obrigada a contar-lhe tudo o que se passou. Em entrevista, Luís partilha com o repórter que não tem nada a esconder e conta que a criação é biológica. Luís sai, juntamente, com o jornalista e com o fotógrafo para fazerem a visita à pecuária. Perante os dissabores de Luís e Carmen, Madalena diz-lhe que seria tudo muito mais fácil se Carmen tivesse Pedro a seu lado. E insiste que deve ser Carmen a dar o primeiro passo, o que a deixa pensativa. Adelaide conta a Valentim que Álvaro voltou e que não sabe como há-de lidar com isso. Valentim fica em choque, mas abraça-a. Cândida discute com Romão e avisa-o de que vai proteger Madalena dele pois ela é especial. Romão goza, se ela é especial então está com um homem à altura dela. Cândida fica indignada Durante a reportagem, o jornalista encontra hormonas de crescimento junto à ração dos porcos. Luís está muito enervado e tenta explicar que aquilo é uma armadilha de Romão. Implora para que acreditem nele quando diz que só dá alimentação biológica aos animais, mas ninguém acredita.
Sandra partilha com Felícia que espera que a viagem de Rogério faça com que ele largue o vício do jogo. Felícia fica emocionada ao ouvi-la falar com tanto amor do sobrinho. Cândida conta a Júlia que Álvaro voltou à cidade e espera que ele se vá embora depressa e que Adelaide não tenha nenhuma crise. Júlia, incrédula, comenta que vai ser o assunto em toda a cidade.
Valentim pede a Álvaro para lhe dar uma palavrinha e explica quem é e que a presença dele pode destabilizar Adelaide. Álvaro afirma que a história deles acabou e que não tem intenção de a magoar.
Em conversa com Carmen, Luís partilha que tem medo de não recuperar o negócio com a notícia sobre o uso de químicos na pecuária. Pensa que pode ter Romão, Mariana ou André. Luís diz a Sofia que quem o atacou, quis mesmo arruinar o seu negócio. Sofia aconselha-o a deixarem passar a tempestade e depois, em conjunto, reconstroem tudo.
Arnaldo conta aos outros bombeiros que um jornalista descobriu que Luís dá hormonas de crescimento aos leitões. Raul, tenso, observa que a reputação de Luís vai ser prejudicada. Carmen conversa com Jorge sobre estar tudo contra eles. Jorge refere que Romão nunca escondeu que queria recuperar a pecuária.
Raul diz a Romão que gosta de cometer ilegalidades enquanto Romão lhe diz que para enriquecerem têm de sujar as mãos. Quando assume que foi ele quem tramou Luís, Raul fica desconfortável e com receio que Luís anule o contrato com a empresa de segurança.
Pedro Homem acabou de regressar à cidade onde nasceu e onde passou a maior parte da sua vida (Montemor-o-Novo). Mas de onde desapareceu sem deixar rasto e esteve misteriosamente ausente durante 20 anos.
As razões do seu desaparecimento foram sempre alvo de especulação. Pedro era uma figura popular na cidade, conhecido por fazer as pessoas olharem para a vida por outra perspetiva - e com isso gerou milagres que sempre recusou serem da sua responsabilidade. Na verdade, Pedro tem um dom inexplicável: por vezes vê o futuro. Mas as visões do futuro podem ser simultaneamente uma bênção e uma armadilha. Pedro é, aliás, o exemplo disso: quando ainda jovem, vê a sua namorada, Carmen, vestida de noiva num caixão, com um anel de noivado que perceciona ter sido dado por ele. Como se o destino o avisasse que nunca poderiam viver juntos, talvez por sentirem um amor maior que o mundo.
Pedro acaba por se envolver, já jovem adulto, com Manuela, e tem uma filha com ela. Mas vive então momentos tempestuosos e recebe uma séria ameaça de morte. Para sobreviver, tem de abandonar Montemor - perdendo o contacto com a filha de 5 anos, Sofia. Parte sem dizer nada a ninguém porque não conseguiria explicar uma outra visão que marca a sua vida: o coração dele e da filha estão ligados por um laço especial do destino. Se aquela ameaça de morte se cumprisse e ele morresse, a sua filha morreria também.
Porque voltou Pedro agora? Pela filha? Por Carmen? Por ele próprio?
Montemor-o-Novo está diferente, nestes 20 anos muita coisa mudou. Manuela é entretanto uma taróloga famosa. Carmen explora uma quinta de produção biológica. Sofia é farmacêutica.
Mas há coisas que se mantêm: o Clube de pesca onde os velhos amigos de Pedro ainda se reúnem, o quartel de Bombeiros onde estão sempre prontos os soldados da paz mais divertidos do país e a influência subterrânea e maliciosa de Cândida, a chamada ?bruxa do Alentejo? e mãe de Manuela.
O Sábio é uma estória passada numa cidade antiga e sábia, grande o suficiente para guardar muitos segredos que vão agora ser revelados.