O Sábio

05 Abr, 2018 | Episódio 260

Partilhar este episódio
Posição Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - O Sábio

O Sábio

05 Abr, 2018 | Episódio 260

Carmen conta a Felícia que Madalena lhe disse que está apaixonada por Pedro. Felícia alegra-se, era isso que faltava à patroa para seguir com a sua vida em frente. João vai ter com Romão e diz-lhe que sabe que foi ele quem o incriminou. Avisa-o de que não vai conseguir afastá-lo de Rita e não tem medo das suas ameaças. No quartel dos bombeiros, Carmen conversa com António sobre necessidades para os idosos. Pedro aparece para falar com ela mas Carmen está de saída. Pedro perde a coragem e ficam de falar noutra altura. Valentim informa os bombeiros de que vem uma nova bombeira para o quartel. Arnaldo tem esperança que seja nova e jeitosa. Valentim repreende-os. João conta a Rita que confrontou Romão. Esta fica surpreendida pois não estava à espera que ele tivesse coragem de enfrentar o pai. Na aula de dança, Dulce avisa os alunos que vai ter de ficar uns tempos a viver em Lisboa e que será Marco quem a vai substituir. Evelina fica triste e Arnaldo também não acha graça nenhuma. Sofia fica incomodada com o regresso de Mariana e receia que ela os vá separar. Luís garante que isso não vai acontecer mas Sofia sabe que vai haver chatices, certamente. Cândida vende um saquinho de ervas a uma senhora e Romão entra quando ela está a receber o dinheiro. Tira-lhe o dinheiro das mãos e aconselha-a a vender mais coisas para lhe pagar o que lhe deve. Cândida avisa-o de que não vai pagar nada e acusa-o de ser um Diabo.
Cândida vende um saquinho de ervas a uma senhora e Romão entra quando ela está a receber o dinheiro. Tira-lhe o dinheiro das mãos e aconselha-a a vender mais coisas para lhe pagar o que lhe deve. Cândida avisa-o de que não vai pagar nada e acusa-o de ser um Diabo. António e Cremilde estão fascinados com o sucesso da máquina de ler a sina. Telmo fica incomodado com aquilo e quando tira uma mensagem, bate certo com o que se está a passar na sua vida mas não dá parte fraca. Domingos aspira a ser um dia comandante dos bombeiros. Arnaldo está mais preocupado em ver como é a nova bombeira. Quando Evelina se prepara para sair para ir às aulas, Domingos exige que ela lhe peça autorização e Evelina diz-lhe para ter juízo. Jorge vai ter com Raul e propõe comprar-lhe a sua parte do restaurante por 90 mil euros. Raul recusa pois não está desesperado para vender a parte dele, ou recebe 125 mil euros ou nada feito. Romão partilha com Madalena que ainda sonha voltar a ter a pecuária e explica-lhe que não pode ter dinheiro no banco por causa do fisco e que Cândida lhe roubou 50 mil euros para dar a Álvaro e que isso não valeu de nada. Madalena ouve tudo curiosa mas disfarça. Sofia conta a Dulce que está a adorar viver na herdade mas está preocupada com o regresso de Mariana pois receia que Luís seja considerado culpado das acusações daquela maluca. Telmo entrega o convite do seu casamento a Madalena e diz-lhe que ela pode levar Romão. Madalena explica rapidamente que o coração dela pertence a outra pessoa mas não revela o nome. Jorge está irritado por Raul ter recusado a sua oferta. Pedro também se prepara para contar a Carmen que se manteve afastado dela por causa duma visão que acabou por não ser bem interpretada. Jorge receia que ela não aceite isso de bom grado mas Pedro quer ser honesto.
Pedro Homem acabou de regressar à cidade onde nasceu e onde passou a maior parte da sua vida (Montemor-o-Novo). Mas de onde desapareceu sem deixar rasto e esteve misteriosamente ausente durante 20 anos.
As razões do seu desaparecimento foram sempre alvo de especulação. Pedro era uma figura popular na cidade, conhecido por fazer as pessoas olharem para a vida por outra perspetiva - e com isso gerou milagres que sempre recusou serem da sua responsabilidade. Na verdade, Pedro tem um dom inexplicável: por vezes vê o futuro. Mas as visões do futuro podem ser simultaneamente uma bênção e uma armadilha. Pedro é, aliás, o exemplo disso: quando ainda jovem, vê a sua namorada, Carmen, vestida de noiva num caixão, com um anel de noivado que perceciona ter sido dado por ele. Como se o destino o avisasse que nunca poderiam viver juntos, talvez por sentirem um amor maior que o mundo.
Pedro acaba por se envolver, já jovem adulto, com Manuela, e tem uma filha com ela. Mas vive então momentos tempestuosos e recebe uma séria ameaça de morte. Para sobreviver, tem de abandonar Montemor - perdendo o contacto com a filha de 5 anos, Sofia. Parte sem dizer nada a ninguém porque não conseguiria explicar uma outra visão que marca a sua vida: o coração dele e da filha estão ligados por um laço especial do destino. Se aquela ameaça de morte se cumprisse e ele morresse, a sua filha morreria também.
Porque voltou Pedro agora? Pela filha? Por Carmen? Por ele próprio?
Montemor-o-Novo está diferente, nestes 20 anos muita coisa mudou. Manuela é entretanto uma taróloga famosa. Carmen explora uma quinta de produção biológica. Sofia é farmacêutica.
Mas há coisas que se mantêm: o Clube de pesca onde os velhos amigos de Pedro ainda se reúnem, o quartel de Bombeiros onde estão sempre prontos os soldados da paz mais divertidos do país e a influência subterrânea e maliciosa de Cândida, a chamada ?bruxa do Alentejo? e mãe de Manuela.
O Sábio é uma estória passada numa cidade antiga e sábia, grande o suficiente para guardar muitos segredos que vão agora ser revelados.