Apocalipse 2020

02 Set. 2021

Apocalipse 2020 é um ensaio filosófico vivo sobre a vida, uma performance multimédia criada por Alice Joana Gonçalves que explora o espaço de forma fragmentada e coloca o corpo humano feminino como mote da reflexão sobre a existência humana no universo - centro da criação. O ser humano e as suas representações imaginais replicam-se e conflituam numa narrativa abstrata que deambula entre a existência e as projeções, imagens, memórias e representações de nós mesmos, que coexistem numa possibilidade real, física, e também virtual. Esta performance é uma reflexão sobre a existência e a não existência, sobre o ser humano isolado e em comunidade, e por isso uma reflexão sobre a espécie humana no universo. Apocalipse 2020 nasce do período de confinamento, de uma crise existencial, em que Alice Joana Gonçalves, numa profunda reflexão artística e filosófica, nos leva à questão: Quem sou eu, se ninguém assistir à minha história pessoal?

Play - Apocalipse 2020
1h

16

Direção Artística:
Alice Joana Gonçalves

Autoria:
Alice Joana Gonçalves

Coreografia:
Alice Joana Gonçalves

Multimédia:
Diana Barra

Composição Musical:
Carincur

Interpretação:
Ana de Oliveira e Silva, Stephanie Cardoso, Victória Bemfica

Realização de Documentário:
Arthur Romão

Direção de Produção:
Inês Le Gué

Assistente de Produção:
Gonçalo Tavares

Assessoria de Imprensa:
Mónica Jardim

Casa de Produção:
Pergunta Exótica

Coprodução:
Câmara Municipal de Castelo Branco / Cine-Teatro Avenida

Apoio à Criação:
Centro Cultural da Malaposta, Estúdios Victor Córdon / OPART, Fábrica da Criatividade

Apoio Institucional:
Ministério da Cultura | DGArtes

Agradecimento:
RTP Palco
Antena 3

Produção:
RTP Palco
Polycord Filmworks

duração total 1h
posição atual:
ir para o minuto:

RTP Palco | Um serviço RTP Play

Instale a aplicação RTP Palco

Disponível para iOS e Android.

", ?>