Ribeirão do Tempo

Episódio n.º137

Episódio 137 de 250

Marta conta a Virgínia que Ajuricaba saiu da delegacia muito perturbado e as duas ficam preocupadas. Com a arma apontada a André, Ajuricaba insiste com o jovem para que este confesse onde estão Sônia e Sérgio. Escondida, Sônia observa tudo. Ajuricaba manda Cardoso revistar a casa. Sônia aparece enrolada numa toalha. Ajuricaba manda Cardoso algemar André. Sônia diz a Ajuricaba que se André for algemado vai ficar nua.
Cardoso algema André e Ajuricaba diz ao jovem que ele vai ser preso por pedofilia. Sônia deixa claro que está ali porque quer e chama o pai de ditador. Sônia pede ao pai para soltar o namorado. Virgínia liga para o telemóvel de Cardoso e insiste em falar com o marido. Ajuricaba diz que não vai falar e deixa Virgínia muito preocupada. Patrícia e Lincon seguem pela estrada, felizes. Ajuricaba leva André algemado para a delegacia. Ajuricaba liga a Virgínia e diz que Sônia estava na casa de Lincon. Ajuricaba chega à delegacia e manda Virgínia ir para casa com Sônia.
Joca ouve mais uma vez a gravação em que Flores conversa com o general e diz que a revolução está a avançar. Arminda liga a Joca e pede-lhe que vá até à empresa. Sônia revela a Virgínia que sempre namorou André e que Sérgio os ajudava a livrar-se da perseguição de Ajuricaba. Marta diz a Ajuricaba que a detenção de André é ilegal. Possesso, o delegado afirma que assume os riscos. Filomena pergunta a Tito se ele quer que ela vá com ele para São Paulo.
Ele diz que vai ser uma viagem rápida e que ela não precisa de ir. Marta dá o telefone a André, que liga aos pais. André conta a Patrícia que Ajuricaba o prendeu e que lhe aponto uma arma à cabeça. Furioso, Lincon segue em direção a Ribeirão. Arminda conta a Joca que acha que Ari se vai vingar, porque ela não acedeu ao pedido dele.

Consultar emissões do programa
  • Emissões deste episódio

Próximas Emissões

Últimas Emissões