Ouvir
SÍNTESE ÁFRICA
Em Direto
SÍNTESE ÁFRICA

Encontro de gerações

Concerto 21 anos RDP África

Encontro de gerações


DESCRIÇÃO
São os diálogos entre as diferentes gerações de artistas que fazem desde sempre avançar a música: os mais velhos que influenciam os que se lhes seguem; os mais jovens que inspiram com as suas ideias e energia aqueles que já têm carreiras mais longas. Não é diferente com os artistas que fazem a história de Angola.
Bonga gravou o clássico Angola 72 na Holanda no mesmo ano em que, em Luanda, nascia Paulo Flores. Juntamente com os álbuns Raízes e Angola 74, essa estreia de Bonga completa um tríptico que, reconhece Paulo Flores, é um dos grandes tesouros da música de Angola e uma fonte inesgotável de inspiração.
Em 1980 tinha Paulo apenas 8 anos quando na velha guarda junto com o seu pai viu e conheceu Bonga pessoalmente, junto com muitos músicos que participaram no projeto Kalunga, como os brasileiros Chico Buarque, Clara Nunes, Djavan, Alcione ou Martinho da Vila, entre outros. "Nessa altura", recorda Paulo Flores, "Bonga já era um cantor importante da nova Angola e eu ainda cantava no bairro dos coqueiros no prédio da cidade limpa por cima dos discos que o meu pai, Cabé, afamado discotequeiro tinha em casa.".
Foi também a amizade entre Bonga e Cabé Flores que levou o veterano cantor a apadrinhar a primeira obra discográfica de Paulo. E isso foi o primeiro passo para para a natural proximidade que se foi criando entre os dois durante os anos. Uma proximidade traduzida em amizade e respeito mútuo, em troca de inspirações e ideias.
Ciente dessa história comum, desses laços fundos que vão até para lá da música, Ricardo Santos, grande amigo e admirador do trabalho de ambos, congemina agora o Encontro de Gerações com estes dois grandes artistas A ideia é fazer uma sentida e merecida homenagem à música de Angola, à música de expressão portuguesa que se alarga por esse oceano fora e toca em Cabo-Verde e no Brasil e se espraia em Portugal criando uma identidade que é singular e única no mundo.
45 anos depois da estreia de Bonga na Holanda, este Encontro de Gerações pretende estender para o futuro esse inestimável legado da música de Angola.
Numa produção executiva de Ricardo Santos, e na data em que se comemoram os 21 Anos da RDP África, a Frequenta Aplauso apresenta Encontro de Gerações, Bonga e Paulo Flores ao Vivo no Tivoli BBVA, em Lisboa.