Ouvir
SÍNTESE ÁFRICA
Em Direto
SÍNTESE ÁFRICA

Morreu nacionalista angolano Afonso Van-Dúnem `Mbinda`

Histórico do MPLA e da luta pela independência, era reconhecido diplomata. Tinha 73 anos

Morreu nacionalista angolano Afonso  Van-Dúnem `Mbinda`

Afonso Van-Dúnem 'Mbinda'

O nacionalista angolano Afonso Van-Dúnem 'Mbinda', conhecido pela participação na luta anticolonial, morreu esta sexta-feira em Luanda, aos 73 anos, vítima de doença.

Um comunicado enviado pelo MPLA às redações refere que o político, natural de Luanda, ingressou em 1961 no partido, tendo ocupado até agora o cargo de secretário do Bureau Político para as Relações Internacionais. Desempenhava ainda o cargo de Presidente do Conselho de Administração da Fundação Sagrada Esperança.

De 1970 a 1972, ainda durante o período colonial português, Afonso Van-Dúnem foi representante do MPLA nas Repúblicas da Zâmbia e da Tanzânia, tendo sido eleito membro do Comité Central do partido, em 1976. Considerado na nota como "nacionalista de fortes e grandes convicções", 'Mbinda' foi secretário particular do primeiro Presidente de Angola - Agostinho Neto. Entre 1985 e 1988 desempenhou o cargo de ministro das Relações Exteriores de Angola e mais tarde o de embaixador das Nações Unidas, de 1991 a 2000. Na carreira diplomática ficou igualmente registado o papel nas negociações, enquanto ministro das Relações Exteriores, para a retirada das forças cubanas de Angola e das sul-africanas da Namíbia, que culminaram com a independência do país vizinho. 

Após as eleições gerais de 2012 foi deputado à Assembleia Nacional, mas solicitou suspensão das funções por incompatibilidade.