COVID-19

Dormidas de não residentes desceram em setembro (Vídeo)

As maiores reduções aconteceram na região de Lisboa, nos Açores e na Madeira.

Em agosto a quebra homóloga foi de cerca de 50%, em setembro, aumentou para mais de 70%.

O Instituto Nacional de Estatística confirmou a não recuperação da atividade turística no mês de setembro, em Portugal. Ficaram registados menos 52,7% de hóspedes e as dormidas a diminuíram 53,4%, face ao mês homólogo do ano anterior.

Esta evolução representa uma nova aceleração das quebras homólogas da atividade turística, fortemente impactada pela pandemia de covid-19.

RTP/Açores