Desporto

É hora de decisões!

Praiense está proibido de ceder mais pontos se quiser continuar a lutar pela subida. Quarteto depara-se com igual cenário mas para garantir a permanência.

É hora de decisões!



A 20.ª jornada do campeonato de Portugal disputa-se na íntegra na tarde de domingo, isto no que às equipas dos Açores diz respeito, ronda que apresenta desafios com grau de dificuldade elevado para todas elas.

O Praiense, que está na luta pela subida na série D, vai tentar recuperar fora os pontos perdidos em casa na última jornada. A formação de Francisco Agatão visita o Sintrense, primeira equipa abaixo da linha de água e, como tal, a necessitar de pontos para garantir a permanência.

Os encarnados da Praia da Vitória estão proibidos de ceder terreno sob pena de hipotecarem as aspirações de discutirem um lugar entre os dois primeiros.

Na corrida pela permanência está o Sporting Guadalupe que precisa de um milagre para se salvar da despromoção. A equipa da Graciosa recebe o Pêro Pinheiro e se quiser continuar a sonhar com a salvação não pode desperdiçar a oportunidade de garantir os três pontos na receção a um antagonista que também luta pela manutenção.

Em casa também joga o Lusitânia, frente ao Loures, e o cenário dos leões da rua da Sé é semelhante ao vizinho da Graciosa: ganhar ou complicar a já de si difícil missão de continuar no campeonato de Portugal.

Na série E, o Operário volta a jogar em casa e vai tentar garantir os três pontos diante do Olhanense, segunda classificado que almeja a vitória na Lagoa para não correr o risco de ser ultrapassado pelo Casa Pia. No entanto, os fabris só podem pensar no triunfo para saírem da zona de descida.

Já o Sporting Ideal, embalado por duas vitórias consecutivas, vai tentar manter-se na senda dos resultados positivos na viagem a Castro Verde onde vai medir forças com o Castrense. A tarefa não se afigura fácil mas os leões da Ribeira Grande reúnem argumentos para sair de Beja com os três pontos.

Acácio Mateus