Economia

FRUTER queixa-se do preço do transporte aéreo e das falhas no transporte marítimo (Vídeo)

O serviço de transporte de carga está a prejudicar o negócio da exportação de flores da ilha Terceira para a Holanda.

O circuito é simples. As flores são entregues pelo produtor à quinta-feira, são embaladas e no dia seguinte seguem por avião para Lisboa. 48 horas depois chegam à Amesterdão, na Holanda. Tudo perfeito à exceção de dois fatores: primeiro o preço da viagem, 2,30€ por cada kg e em segundo lugar o facto de nunca se saber que quantidade pode seguir no avião. 

As falhas no transporte marítimo e o preço do transporte aéreo podem por em risco um setor que está em fase de crescimento na Região.

Jornal da Tarde, RTP-AÇORES