Economia

Fundos PRODESA chegam aos Açores: são 32 milhões de euros

Fundos PRODESA chegam aos Açores antes do previsto. Trata-se da última tranche do III Quadro Comunitário de Apoio e atinge 32 milhões de euros.

Fundos PRODESA chegam aos Açores: são 32 milhões de euros

O agendamento desta tranferência estava previsto só em 2010, mas o dinheiro já se encontra a caminho da Região, facto conseguido pelo Governo regional.

Os 32 milhões de euros representam os 5 por cento que, segundo as regras dos apoios da União Europeia,são retidos até à conclusão dos projectos de investimento, ao abrigo do PRODESA.

Bruxelas só abriria mão desse montande em 2010, mas o Governo açoriano conseguiu um adiantamento, junto de Lisboa.

O Vice-Presidente do Executivo regional, Sérgio Ávila, afirma que a antecipação desta verba garante que os últimos projectos nos Açores, ao abrigo do III Quadro Comunitário de Apoio, vão receber o dinheiro mais cedo.

A verba destina-se às Câmaras Municipais, às Câmaras de Comércio, à Universidade dos Açores e a várias entidades públicas e privadas que apresentaram projectos, ao abrigo do FEDER, programa direccionado para infraestruturas, equipamentos públicos e investimentos privados, dinheiro que começa a ser usado já na próxima semana.

Rui Messias / Carlos Tavares