Economia

Mário Fortuna quer ouvir empresários sobre o processo das Agendas Mobilizadoras (Vídeo)

O presidente da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada convocou para 5 de novembro uma assembleia geral para discutir com os associados as criticas relacionadas com as agendas mobilizadoras.


Mário Furtuna não revela, para já, se vai ou não demitir-se e reafirma que não coube à câmara do comércio escolher as empresas que integrararam os consórcios.

Recorde-se que empresários e partidos da oposição acusaram o professor universitário de, em conjunto com o governo, influenciar a escolha das empresas candidatas aos fundos do Plano de Revitalização e Resiliência.

O assunto gerou acalorado debate no parlamento regional e o processo acabou, por decisão de governo, por voltar à estaca zero.

Telejornal