Economia

Oposição acusa Governo de baixar os combustíveis de acordo com o calendário eleitoral


A gasolina baixou às zero horas de hoje, nos Açores: a gasolina sem chumbo, de 95 octanas, custa agora 1 euro e 33 cêntimos e a de 98 octanas, fixa-se em 1 euro e 37 cêntimos.

Oposição acusa Governo de baixar os combustíveis de acordo com o calendário eleitoral

O Presidente do Governo regional, Carlos César, garantiu ontem que o gasóleo vai baixar também, até Outubro, afirmação proferida ontem à noite, no concelho do Nordeste, na ilha de São Miguel, durante a apresentação do projecto SCUT.

Para o líder do PSD/Açores, Carlos Costa Neves, esse facto já era esperado: em vez do Governo baixar os combustíveis, quando as condições de mercado são favoráveis, vai, sim, fazê-lo, durante a campanha eleitoral e por razões meramente eleitoralistas.

No entanto, o Chefe do Executivo reagiu a essa acusão, ao afirmar que o argumento não resulta, uma vez que, os combustíveis já subiram, noutros actos eleitorais.

Quem entra também na discussão é o Presidente da Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis ( ANAREC ) Augusto Cymbron, que diz que os açorianos estão a ser discriminados porque não encontra razões para que o Governo não tenha ainda baixado o preço do gasóleo.

Margarida Pereira / Carlos Tavares