Economia

Parlamento açoriano aprova descida do IRS


Os açorianos com rendimentos mais baixos vão beneficiar, a partir do próximo ano, de uma redução do imposto e, como era previsível, a proposta do Governo regional foi aprovada.

Parlamento açoriano aprova descida do IRS

Em agenda, estavam duas propostas de redução do IRS : uma do Governo, outra do PSD e ainda uma proposta de alteração, da autoria do CDS / PP.

Os social-democratas queriam reduzir a taxa do IRS em 30 por cento, em todos os escalões, mas o PS considerou essa pretensão demagógica.

O Governo açoriano propôs uma redução de 30 por cento, no primeiro escalão, e de 25 por cento, no segundo.

Para o Vice-Presidente do Governo, Sérgio Ávila, a proposta do Executivo é a mais justa e também a mais equilibrada.

Por sua vez, António Marinho, do PSD, entende que a classe média seria mais beneficiada com a sua proposta.

Quanto a Artur Lima, do CDS / PP, ainda ensaiou uma tentativa de acordo com o Governo para aumentar as reduções do IRS, proposta que não obteve acolhimento parlamentar.

A actual redução deste imposto vai custar ao cofres da Região cerca de 42 milhões de euros, todos os anos.

Ricardo Freitas / Carlos Tavares