Economia

Reformas antecipadas aos agricultores com apenas 11 candidaturas aprovadas (Sons)

João Ponte espera mais interessados com o diploma que está agora em apreciação na Comissão de Economia do Parlamento Regional.

© José Maria Raposo

O diploma já mereceu reparos da Federação Agricola.

Na Comissão de Economia, Jorge Rita defendeu a redução da idade de reforma para os 56 anos, quando o Governo propõe os 58.

Além disso o sector defende a eliminação das restrições de idade a quem adquire os terrenos resultantes da cessação da actividade.

João Ponte mostra abertura, mas apenas numa das questões.

Com a proposta do governo o agricultor que aderir à reforma antecipada pode receber por ano até 10 mil euros.

Um montante que, no entender da Federação Agricola, é pouco atrativo para muitos agricultores.




Antena 1 Açores