Economia

TAP mantém silêncio sobre serviço público para os Açores

A TAP diz não conhecer as novas regras de serviço público para os Açores.
A empresa não comenta a notícia do Diário Insualr de hoje que dá como certa a discordânia da TAP em relação ao novo modelo.

TAP mantém silêncio sobre serviço público para os Açores
Segundo o matutino de Angra do Heroísmo, o descontentamento da empresa vai ao ponto da TAP admitir abandonar as rotas dos Açores.
Um porta-voz da companhia, ouvido pela RDP/Açores, limitou-se a afirmar que a TAP está à espera que o Instituto Nacional da Aviação Civil (INAC) lhe envie as novas regras para se poder pronunciar.
A empresa foi ouvida na elaboração das novas regras de serviço público mas não teve influência no resultado final.
Tarifas promocionais para residentes e a obrigação de realizar um voo directo entre a Terceira e o Porto são condições que alegadamente não agradam à TAP.

Notícia:RUI Messias, RDP/Açores.