Economia

Vinho dos Açores em destaque

O vinho dos Açores merece hoje honras de debate, num colóquio promovido pelo Centro de Estudos Gaspar Fructuoso

Vinho dos Açores em destaque

Os trabalhos têm hoje à noite início na ilha do Pico e prolongar-se-ão até ao próximo Sábado.

O debate surge na mesma altura em que o governo pretende uma nova classificação para os vinhos, licores e aguardentes.

A proposta deu já entrada na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores e aponta para que a Comissão Vitivinícola Regional (CRV) passe a ter competências semelhantes aos organismos de fiscalização das actividades económicas.

O controlo da produção, circulação e comércio das uvas e dos vinhos ficará, também, sob a alçada da CRV/Açores, assim como a realização de vistorias e a colheita de amostras.

Mas, não só: a CRV  pode exercer essas funções, junto da produção e comercialização de vinhos, como também levantar autos de irregularidades aos agentes económicos.

O novo diploma, que será apreciado pelo Parlamento, define ainda as condições em que os produtores podem utilizar o selo de Denominação de Origem e de Indicação Geográfica.

O primeiro destina-se aos vinhos produzidos em região determinada e o segundo aos vinhos de mesa, aguardentes, bagaceiras e vinagres.

A nova legislação vem revogar um antigo diploma, com quase 28 anos de vigência.

Carlos Tavares