Eventos

BOCAS DE MULHERES - 27 Março, Dia Mundial do Teatro

No dia Mundial do Teatro a RTP-Açores transmite uma Produção da Delegação da Terceira da RTP, "Bocas de Mulheres", uma peça com texto e encenação de Álamo Oliveira, e com a interpretação das actrizes Judite Parreira, Carmo Amaral e Filomena Ferreira

BOCAS DE MULHERES - 27 Março, Dia Mundial do Teatro

© Foto: Gabinete Multimédia RTP/Açores

Durante séculos, o machismo impôs às mulheres um modo sectário de vida a todos os níveis sociais.

Em Portugal, nomeadamente nos Açores, esse sectarismo deixou marcas profundas, as quais deixaram cicatrizes ainda bastante visíveis em determinadas «bolsas» sociais.

«Bocas de Mulheres» pretende relevar, constatando, o percurso das mulheres portuguesas – com destaque para as açorianas – realizado em tempos e lugares diferentes; em extractos sociais, económicos e culturais muito diversos; em três gerações definidas e unidas pela sua sequência natural.

Os anos 60 são particularmente evocados nesta representação, através das referências à guerra nas designadas províncias ultramarinas portuguesas e na forte vaga de emigração que ela provocou, sendo de salientar a que vinha a ocorrer dos Açores para a América e Canadá.

"Bocas de Mulheres» pretende ser uma síntese do que tem sido o papel da mulher na sociedade portuguesa e que, de alguma forma, ajuda a compreender o movimento de emancipação que, agora, se verifica.

No entanto, este texto não se fica por aqui. Ele lembra, sem subterfúgios, a injusta situação da Mulher em tantos outros países, onde nem se vislumbra qualquer palavra de esperança.

«Bocas de Mulheres» é, de forma quase inadvertida, uma homenagem às mulheres que lutaram e lutam pelos direitos inalienáveis."

Produzida pela Delegação da Terceira da RTP "Bocas de Mulheres" é uma peça com texto e encenação de Álamo Oliveira a interpretação das actrizes Judite Parreira, Carmo Amaral e Filomena Ferreira.

António Gil