Graciosa Online

11 ralis; 1 herói - VIDEO

O espetáculo das curvas e a calma surpreendente de uma criança



O rali é já um dos maiores espetáculos de verão na Graciosa sempre a inovar. Este ano não abriu com a habitual noturna de Santa Cruz, mas com duas passagens entre a Lagoa e a Vila da Praia. 

A 11ª edição trazia outra grande novidade. Pela primeira vez, os graciosenses viram um R5 num rali da terra, conduzido por Cláudio Bettencourt, vencedor na maioria das edições anteriores e também a comemorar 10 anos de ralis. 

Após a 5ª das 8 classificativas o piloto graciosense, navegado por Jorge Henriques, já levava uma vantagem de 51 segundos para o madeirense Filipe Pires. Mas o R5 teve uma saída de estrada na PEC 6, projetando uma placa de obras que decorrem junto à curva do tanque. Um dos pedaços de madeira atingiu uma criança de 12 anos que foi transferida para o Hospital de Ponta Delgada.

Após uma operação que durou 2 horas e meia, bem sucedida, a alta ainda não foi confirmada mas poderá acontecer já nesta quinta-feira. A organização foi acompanhando o evoluir da situação que teve no pequeno Tomás o verdadeiro herói. 

Com a desistência de Cláudio Bettencourt, os pilotos da Madeira, em Mitsubishi Evo X, venceram o 11º Rali Ilha Graciosa Além Mar, com 27 minutos, 43 segundos e 6 décimos. Filipe Pires e Vasco Mendonça estrearam-se na Graciosa. 

Os terceirenses Carlos Andrade e Rui Silva, em Renault Clio, venceram na classe 3, ocupando o segundo lugar da geral, a 48 segundos do vencedor. O pódio da segunda prova pontuável para o Troféu de Ralis de Asfalto Açores 2019 ainda teve Pedro Lança e Paulo Marques. A equipa do continente ficou a 1 minuto e 10 segundos dos vencedores, obtendo o 1º lugar na classe 2.

Já fora do pódio ficaram Artur Silva e Miguel Azevedo. Paulo Santos e André Barras fecharam a tabela dos 5 primeiros. 

O Rali deste ano teve 39 carros na linha de partida, tendo 32 completado a prova. E continua bastante apetecível mesmo para os pilotos que vêm de mais longe. 

Alexandre Mendonça e João Espinola, em Citroen Saxo, foram os melhores graciosenses, ficando no 20º lugar da geral. A Graciosa esteve representada este ano por 7 equipas. 

O Troféu de Ralis de Asfalto dos Açores prossegue em Santa Maria, nos dias 9 e 10 de agosto. 



Reportagem emitida no "Açores Hoje" e passagens na Serra Branca e Luz: