Graciosa Online

Assuntos da Luz

George Ortins questionou a Câmara na última Assembleia Municipal

Assuntos da Luz


A Junta de Freguesia de Nossa Senhora da Luz emitiu hoje uma nota de imprensa a dar conta da participação do seu presidente na última sessão ordinária da Assembleia Municipal de Santa Cruz da Graciosa que decorreu no dia 18 de setembro.

George Ortins fez várias intervenções durante os trabalhos "destacando-se a referência aos avanços que têm sido efetuados em termos burocráticos, no que se refere às Canadas da Emília e da Inês, questionando o Senhor Presidente da Câmara Municipal se já havia agendamento para o início das referidas obras e congratulando-se pela aprovação da declaração de utilidade pública da expropriação do prédio urbano devoluto desde o sismo de 1 de janeiro de 1980, sito na Rua 6 de janeiro, n.º 60, na freguesia da Luz, o que permitirá o alargamento da Canada da Emília. A área expropriada será utilizada para o alargamento da via, prevendo-se a requalificação do espaço envolvente para uso público".

O presidente da autarquia luzense também "questionou Manuel Avelar Santos sobre a toponímia proposta relativa às ruas do Carapacho, anteriormente levada à última reunião pública ordinária da Câmara Municipal realizada no edifício da Junta de Freguesia de Nossa Senhora da Luz, com vista a executar a deliberação da antiga Junta de Paróquia de Nossa Senhora da Luz. A Junta de Freguesia havia apresentado a referida proposta para dar nome a três ruas lá existentes". 

Na mais recente sessão da Assembleia Municipal o autarca luzense também "solicitou esclarecimentos sobre o Moinho existente no Caminho de Cima, do qual é proprietário o Município, questionando se será ou não alvo de obras de recuperação ou restauração", acrescenta a nota de imprensa.

"A Junta de Freguesia da Luz reitera a sua total disponibilidade para cooperar com todas as entidades públicas da ilha, sempre em prol da melhoria do bem-estar dos luzenses e sempre em benefício da Freguesia da Luz e dos seus cidadãos", conclui.