Graciosa Online

Base baixa

Propostas para a aerogare da Graciosa ultrapassam o valor do concurso

Base baixa


A Antena 1 Açores avança hoje que as propostas entradas para construção da nova aerogare da Graciosa têm valores superiores ao preço base do concurso.

Este é um problema para o qual a Associação de industriais de Construção Civil tem chamado a atenção : o baixo valor dos concursos nas obras lançadas pela Região.

Segundo a rádio pública a Sata Gestão de Aeródromos não se pronuncia. Diz estar ainda a analisar as candidaturas.

"A empreitada é de cerca de 4 milhões e 400 mil euros, mas as propostas apresentadas a concurso ultrapassam em muito este valor. 

A Antena 1 Açores sabe que a proposta mais baixa ronda o dobro do pedido no caderno de encargos... cerca de 9 milhões de euros... uma situação que já não será nova em termos de concursos para obras públicas.  

O baixo preço das empreitadas lançadas a concurso pelo Governo tem merecido reparos da AICOPA, a Associação de Empresários de Construçao CIvil. Situação que no concreto da construção da nova aerogare da Graciosa levou uma das maiores empresas de construção civil da Região a apresentar reclamação junto da tutela da obra, por considerar o valor da empreitada muito abaixo do que é manifestamente possível realizar. 

O prazo de entrega das propostas terminou a 15 de Setembro. Em resposta às questões da Antena 1 Açores, a Sata Gestão de Aeródromos diz estar a analisar os documentos e por isso diz também ser prematuro pronunciar-se sobre este assunto. A Sata não avança sobre quantas propostas deram entrada nem sobre o valor das mesmas.

Ana Cunha, a Secretária dos Transportes, também não sabe do resultado de abertura das propostas. Insiste que a obra é para avançar. 

A construção da nova aerogare da Graciosa é considerada pelo Governo uma obra urgente, ainda mais depois do incêndio que deflagrou em Maio último. O concurso do projecto foi lançado em 2016. A autorização para o lançamento do concurso da empreitada em 2018 . O concurso em Junho de 2020."


Notícia Antena 1 Açores