Graciosa Online

Coesão marítima - VÍDEO

Porto da Graciosa movimenta 16 passageiros na estreia da "linha branca"

© M.M.Bettencourt 



O transporte de passageiros e viaturas com navios ferries começou em 1997. 

Mas a Pandemia da Covid-19 obrigou a Atlanticoline a cancelar este ano a operação sazonal, que ligava Santa Maria às Flores. 

Aproveitando os navios da região, foi criada a 'linha branca' que estreou o 'Mestre Jaime Jeijó' no Porto da Graciosa. 

Para os graciosenses trata-se de um serviço muito importante. Mas, nos primeiros anúncios da Secretaria Regional dos Transportes, a Graciosa esteve para ficar sem este serviço no verão de 2020. 

Levantaram-se de imediato diversas vozes, desde logo, o deputado do PSD, seguido da Câmara, da Assembleia Municipal e do Núcleo Empresarial. O Presidente da Câmara escreveu ao Presidente do Governo e o PSD Açores apresentou um projeto de resolução na  Assembleia Regional. 

Na recente visita à Graciosa, Vasco Cordeiro explicou as duas componentes que contribuiram para esta medida: não haver a operação sazonal e a menor procura nas ilhas do 'triângulo'.

No primeiro dia embarcaram no Porto da Graciosa 8 passageiros e 4 viaturas, tendo desembarcado também 8 passageiros e uma viatura. No Porto da Praia da Vitória, que também estreou a 'linha branca' desembarcaram 12 passageiros. 

Esta linha funciona até 14 de setembro, às segundas e sextas feiras, tocando duas vezes em cada uma das 5 ilhas do grupo central. No caso da Graciosa o navio chega às 12h05 com destino à Praia da Vitória e às 19h45 saindo para as Velas.