Graciosa Online

Investigado na Graciosa

Tribunal de Angra condena homem a 14 anos de prisão por abuso de criança

Investigado na Graciosa


O Tribunal de Angra condenou um homem a 14 anos e 8 meses de prisão, por crime de violação agravada de uma criança.

De acordo com a informação avançada ontem pelo Telejornal da RTP Açores, a investigação foi dirigida pelo Ministério Público da Graciosa, DIAP e Polícia Judiciária. 

O Tribunal condenou também o homem a penas acessórias, nomeadamente, a proibição de exercer atividades ou funções, públicas ou privadas que envolvam contato com menores, bem como a proibição de responsabilidades parentais ou de confiança de menores por um período de 12 anos. 

O homem foi ainda condenado ao pagamento de 40 mil euros à vítima.