Graciosa Online

Janeiro negro

Graciosa regista a maior quebra dos Açores em número de dormidas

Janeiro negro


O ano 2021 não podia ter começado pior para a hoteria graciosense. 

No mês de janeiro do corrente ano, os estabelecimentos da hotelaria tradicional da Graciosa somaram apenas 93 dormidas, quando em janeiro de 2020 tinham registado 701 dormidas. 

Em termos de variações homólogas acumuladas, em janeiro, todas as ilhas apresentaram variações homólogas negativas mas, de acordo com o Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA), na Graciosa a quebra foi a mais acentuada, na ordem de -86,7%.

Em janeiro, nos hoteis graciosenses, a taxa de ocupação-cama ficou-se nos 2% valor inferior em 10,8 p.p. em relação ao mês homólogo do ano anterior. No primeiro mês de 2021 a taxa de ocupação-cama atingiu os 9,8% nos Açores e no país apenas 9,0%.

Relativamente ao alojamento local, os dados do SREA revelam uma situação inversa. 

Enquanto em janeiro de 2020 os AL da Graciosa registaram apenas 18 dormidas, no primeiro mês deste ano foram registadas 131 dormidas.