Graciosa Online

Largo da Luz

Presidente da Junta não concorda com vários aspetos do projeto

Largo da Luz


O Presidente da Junta de Freguesia da Luz discorda de alguns aspetos relacionados com o projeto de requalificação do Largo 1º de Dezembro, consignado esta semana em cerimónia presidida por Ana Cunha, Secretária Regional das Obras Publicas e Comunicações. 

Importa recordar que o ante-projeto para zona nobre da Freguesia da Luz foi apresentado em fevereiro de 2020 durante a última Visita Estatutária do anterior Governo Regional à Graciosa, onde o Conselho do Governo aprovou a elaboração do respetivo projeto. 

Entretanto, foi o atual Governo que assinou o contrato no valor de 55.955,00 euros, acrescido de IVA, com um prazo de execução de 150 dias. 

No entanto, o Presidente da Junta de Freguesia da Luz lamenta que lhe tenha sido indeferido o pedido para ser facultado o projeto, com “o intuito de haver um maior conhecimento por parte desta Autarquia, bem como dos cidadãos da Freguesia”. 

Em nota de imprensa, George Ortins, lamenta também que, “após ter efetuado uma observação atenta do projeto de execução, (...) o piso não seja em calçada portuguesa, com outra arte e qualidade, semelhante aos centros de outras freguesias e vilas. A opção escolhida de utilizar cantaria no chão torna menos confortável e nobre o espaço”. 

O autarca luzense considera também que “os passeios adjacentes, em betonilha, deveriam ser alvo de uma intervenção mais cuidada, de forma a dar um enquadramento mais harmonioso a este centro que bem merece”. 

No que concerne ao mobiliário urbano, George Ortins espera “que sejam colocadas papeleiras e que continuem presentes os bancos clássicos de jardim, com costas, proporcionando maior conforto aos luzenses e a quem visita esta linda freguesia”. 

De positivo, o Presidente da Junta da Luz destaca o anuncio da Secretária Regional da tutela, quanto ao “reforço da iluminação publica, pois, desde que foi instalada a nova iluminação led, houve um decréscimo significativo da iluminação na zona central da nossa Freguesia, o Largo 1.° de Dezembro”, termina.