Graciosa Online

Linha "lilás" divide opiniões

Comissão de Economia é favorável, ilha do Pico é contra

Linha lilás divide opiniões


A Comissão Permanente de Economia, da Assembleia Legislativa da Região Automona dos Açores, acaba de emitir parecer favorável ao Projeto de Resolução, proposto pelo PSD, que "Recomenda ao Governo Regional que desenvolva as medidas necessárias à inclusão da Graciosa na “Linha Lilás” da Atlânticoline". 

O parecer da Comissão de Economia foi aprovado por maioria com os votos favoráveis dos deputados do PSD e a abstenção do PS, CDS-PP e BE que reservaram a posição para o Plenário. 

No âmbito dos trabalhos de análise, a Comissão promoveu a audição do então Secretário Regional dos Transportes e Obras Públicas e do Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa. 

Vitor Fraga fez-se acompanhar na ocasião pelo presidente da Atlanticoline, referindo que "as ligações marítimas têm sido asseguradas por outra linha que não a linha lilás, uma vez que esta última é uma ligação sazonal e prejudicaria a Ilha Graciosa ao reduzir a capacidade de transporte de viaturas". 

Disseram ainda que a "inserção da Graciosa na linha Lilás implicaria uma diminuição dos recursos afetos ao triângulo, devido à necessidade de pernoita do navio, do aumento da tripulação e de outros gastos de exploração, provocando um aumento de 77% dos custos diretos, em cerca de mais 150 mil euros, acrescidos de 65 mil euros de custos indiretos, totalizando gastos adicionais de 215 mil euros. O Presidente da Atlânticoline afirmou ainda que as receitas da linha Lilás só cobrem 92% dos gastos e com a alteração proposta esta cobertura seria reduzida para 60%". 

Já o presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, Manuel Avelar, é da opinião de "experimentar a inclusão da Graciosa na linha lilás, pelo menos durante um ano, analisar os resultados e avaliar como correu a operação. Além disso, indicou que os navios, que fazem a operação da linha lilás, têm uma capacidade reduzida para o transporte de viaturas e colocam algumas limitações a este respeito. Por fim, referiu que as festas da Graciosa coincidem com outras festividades na Região, pelo que deve ser tido algum cuidado na elaboração dos horários dos navios". 



CONSELHO DE ILHA DO PICO É CONTRA 

A Comissão Permanente de Economia solicitou também pareceres a diversas entidades, designadamente os conselhos de ilha da Terceira, Graciosa, Pico, Faial e São Jorge, Câmara do Comércio e Indústria da Horta, Associação Comercial da Ilha do Pico, Núcleo Empresarial de S. Jorge, Núcleo Empresarial da Ilha Graciosa, Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, Associação de Agricultores da Ilha Graciosa e Associação de Pescadores da Ilha Graciosa. 

Na base de dados da ALRAA estão disponíveis apenas as respostas dos conselhos de ilha da Graciosa, Terceira, Faial e Pico. 

Conforme foi divulgado, os conselheiros graciosenses também concordam com a inclusão da ilha Graciosa na "linha lilás", que deve ser entendida como complemento ao serviço já prestado pela "linha amarela". 

O Conselho de Ilha da Terceira deu também parecer favorável à iniciativa proposta pelo PSD, considerando que "o reforço das ligações entre a Terceira e a Graciosa é de extrema importância para a economia de ambas as ilhas".

Já o Conselho de Ilha do Faial entendeu não se pronunciar sobre o projeto de resolução, salvaguardando apenas que qualquer alteração não deve prejudicar a ilha do Faial, no que concerne aos horários e frequências das viagens. 

Entretanto, o Conselho de Ilha do Pico é contra por uma questão de conforto. Os conselheiros picoenses entendem que a alteração na linha "lilás" ia implicar a substituição do navio "Mestre Simão" pelo "Cruzeiro das Ilhas" (que não transporta viaturas) numa viagem da linha "verde" que serve o "triângulo". 

O Conselho de Ilha do Pico reconhece, no entanto, que os Graciosenses tem legitimidade para reivindicar melhores transportes e que as entidades competentes devem encontrar soluções sem prejudicar o modelo implementado no "triângulo". 


Documentação disponível AQUI.