Graciosa Online

Maestrina nova

Catarina Espínola é aposta da Sociedade Filarmónica União Praiense

Maestrina nova


A Banda da Sociedade Filarmónica União Praiense vai estrear uma nova direção musical, tendo a maestrina Catarina Espínola sido apresentada esta semana aos músicos. 

Pela primeira vez na sua história, a banda filarmónica mais antiga da Graciosa, fundada a 12 de maio de 1889, vai ser dirigida por uma mulher. 

Importa recordar os nomes de José Berto Magalhães, António Melo e Luís Aguiar que foram os maestros mais recentes da SFUP. A direção da coletividade, presidida por Teresa Reis, deverá comunicar esta mudança aos sócios muito em breve.

A partir de agora a Graciosa tem duas maestrinas nas suas filarmónicas.   

Natural de Santa Cruz da Graciosa, Catarina Espínola nasceu a 10 de agosto de 1992, tendo iniciado os seus estudos musicais, com apenas 7 anos, na Filarmónica Recreio dos Artistas. 

Mais tarde, ingressou a Academia Musical da Ilha Graciosa, onde completou o Curso Suplementar de Música, na área de Canto Lírico. Em 2013 terminou a Licenciatura em Música na Universidade de Évora, sob a orientação da Professora Doutora Liliana Bizineche. Em 2014 terminou a Pós- Graduação em Ensino da Música na mesma universidade. 

No ano de 2015 deu início ao seu trabalho de docente nas áreas de Formação Musical e Educação Musical na Escola Básica e Secundária da Graciosa. No mesmo ano iniciou também as suas funções como Maestrina no Coro da Matriz de Santa Cruz da Graciosa. 

Catarina Espínola frequentou, no ano de 2014, o Curso de Direção de Orquestra, na cidade da Covilhã, com o maestro Luís Clemente, onde dirigiu a Orquestra Sinfónica da Covilhã. Mais tarde, em 2016, frequentou também o Curso de Direção de Banda, ministrada pelo Maestro da Banda Militar da Marinha, Délio Golçalves. 

A jovem maestrina terminou o Mestrado em Ensino da Música na Universidade Católica do Porto, em 2017, ano que ficou marcado também pela estreia do Coro Juvenil da Matriz de Santa Cruz da Graciosa, onde é diretora artística e maestrina. 

Atualmente é professora efetiva do quadro da Escola Básica e Secundária da Graciosa. É maestrina do Coro da Matriz de Santa Cruz da Graciosa, Coro Juvenil da Matriz de Santa Cruz da Graciosa e, agora, também maestrina da Sociedade Filarmónica União Praiense.