Graciosa Online

Máscara obrigatória

Autoridade de Saúde Regional reforça medidas para evitar propagação

Máscara obrigatória

A utilização de máscaras sociais deixa de ser apenas recomendada e passa a ser obrigatória nos Açores, a partir desta segunda-feira, 4 de maio. 

O reforço das medidas de prevenção contra a covid-19 foi anunciada hoje, no briefing diário da Autoridade de Saúde Regional.

Tiago Lopes disse que a obrigatoriedade da utilização da máscara em espaços fechados deve-se ao relaxamento da população nos últimos dias, quanto aos 3 pilares básicos de proteção individual e comunitária, dando como exemplo a aglomeração de pessoas num conhecido mercado de Ponta Delgada.

O Diretor Regional da Saúde voltou a sublinhar que o surto está controlado nos Açores mas que a população não pode viver como antes, pelo menos até não haver medicamento ou vacina.

A propósito dos ajuntamentos que já se verificam nas ruas, o porta voz da Autoridade de Saúde lembrou as palavras do Primeiro-ministro, repetindo que se for necessário podemos dar um passo atrás nas medidas restritivas.

Os 3 pilares de segurança que evitam a propagação do novo coronavirus são o afastamento social, a frequente higienização das mãos e as medidas de etiqueta respiratória.

Destaca-se ainda do briefing desta tarde o anúncio da reabertura de consultórios médicos, incluindo dentistas, a partir de 4 de maio em sete ilhas da região. Na Graciosa essa reabertura está prevista para o dia 18 e em São Miguel para o dia 22 de maio.

Nos Açores estão ativos 76 casos de covid-19, dos quais 4 referentes à ilha Graciosa entre os 21 e os 80 anos de idade, estando 2 internados no Hospital da Terceira (1 ainda em cuidados intensivos) e 2 em recuperação domiciliária.