Graciosa Online

Mau tempo

PS quer saber se o Governo vai compensar perdas dos agricultores da Graciosa

Mau tempo


O Grupo Parlamentar do PS questionou o Governo Regional se este tem “prevista alguma medida para compensar os agricultores da ilha Graciosa”, que perderam grande parte das suas produções na madrugada do passado dia 16 de maio, devido ao mau tempo. 

José Ávila frisou que “só em plásticos, sementes e rega, excluindo os custos de mão de obra, o maior produtor de meloa da Graciosa perdeu cerca de 40 mil euros, após a destruição de 6 hectares de plantação, tendo sido registados também danos em culturas de batata, vinha e em infraestruturas de apoio à ordenha”. 

Os deputados socialistas eleitos pela Graciosa, José Ávila e Manuel José Ramos, que assinam este requerimento, consideram que é “urgente promover um levantamento desses prejuízos” e “determinar um conjunto de ajudas públicas aos lesados, uma vez que sem esse apoio não será possível recuperar algumas produções ainda no corrente ano”. 

“É importante saber, desde já, que medidas é que o Governo prevê para apoiar os agricultores Graciosenses e qual o prazo que estima para tomar uma decisão sobre este assunto, porque estes produtores ficaram prejudicados, em alguns casos em milhares de euros e precisam dessa ajuda no imediato”, salientou José Ávila. 

Os socialistas querem também saber se “existem agricultores de outras ilhas que tenham sofrido o mesmo tipo de prejuízos” e, se sim, “quais e que medidas prevê o Governo Regional para apoiá-los?”. “A agricultura, nas suas diversas vertentes, tem um importante impacto social e económico na Ilha Graciosa. 

Os agricultores Graciosenses têm-se esforçado no sentido de diversificar as suas produções, contribuindo para o crescimento do Produto Interno Bruto da ilha e da Região, mas também contribuindo para a nossa própria soberania alimentar. 

É pois justo e urgente que o Governo dos Açores atue desde já, apoiando estes agricultores, para que não se percam produções agrícolas nos Açores devido a infortúnios”, finalizou o deputado do GPPS eleito pela ilha Graciosa, José Ávila.


Fonte: PS Açores