Graciosa Online

Medida discriminatória - SOM

Núcleo Empresarial da Graciosa também reclama ligações da Atlanticoline no próximo verão



Se os navios da Atlânticoline não escalarem a Graciosa no próximo verão, o Presidente do Núcleo Empresarial da Graciosa considera a "medida discriminatória". 

Carlos Brum teme que as ilhas sejam tratadas de forma diferente, conforme já tem alertado em anos anteriores, sobretudo nas reuniões do Conselho de Ilha. 


Som Antena 1:




Importa recordar que, ao confirmar o cancelamento da operação dos ferries para o verão de 2020,devido à pandemia da covid-19, a Secretária Regional dos Transportes anunciou uma possível ligação entre a Terceira e as ilhas do "triângulo".

A Assembleia Municipal de Santa Cruz da Graciosa também aprovou por unanimidade uma recomendação do Partido Socialista para o Presidente da Câmara pedir a intervenção do presidente do governo. 

Entretanto, Manuel Avelar já escreveu à Secretária Regional e ao presidente da Atlanticoline. 

Além dos passageiros, o presidente da autarquia graciosense também está a pensar no mercado interno e na circulação de mercadorias, lembrando que a Graciosa produz alhos e meloas que carecem de ser exportados. 


Reportagem Antena 1: