Graciosa Online

Missão cumprida - VÍDEO

Marítimo confirma a manutenção no último jogo em casa



O Marítimo confirmou esta manhã a manutenção do Campeonato de Futebol dos Açores, recebendo e vencendo o Fontinhas, por 2-0. Aliás, o 5º classificado já não desce, tendo o Sporting Ideal também garantido esta tarde a permanência no Campeonato de Portugal. 

Para a 6ª edição do Campeonato de Futebol dos Açores falta só encontrar o representante da Associação de Angra do Heroísmo, que juntar-se-á a Operário, Guadalupe, Lusitânia, Marítimo, Prainha, Rabo de Peixe, Fontinhas, Vitória do Pico e Águia dos Arrifes. 


O Fontinhas já só cumpre o calendário mas o Marítimo não tinha escolha. Só a vitória no ultimo jogo em casa afastava o fantasma da descida numa manhã de nevoeiro. 

A pressão estava do lado dos graciosenses que entraram nervosos. Amunike teve tudo para fazer o primeiro mas Evandro salvou para canto. 

Aos 7 minutos Amaral esteve pela primeira vez na cara do golo. A resposta do Fontinhas chegou em forma de canto e depois falharam todos. 

Aos 25 minutos já o Maritimo mandava no jogo quando criou o melhor lance de ataque. Faltou a finalização de Rui Marques. No minuto seguinte houve falta sobre Mário Prenda fora da área mas Rui Marques não perdeu tempo e colocou a equipa da casa em vantagem. 

Aos 45 minutos Marreta ainda tentou o golo da igualdade mas o arbitro João Branco já tinha confirmado a sinalética de fora de jogo. Decisão errada porque Evandro estava a colocar o avançado do Fontinhas em jogo no momento do passe de João Dias. 

O Marítimo já só respondeu no arranque da segunda parte. Tomás encontrou em Gonçalo uma barreira intransponível. 

Na área contrária houve grande cerimónia na defesa mas Rui Sousa também não rematou com a melhor direção. 

Rui Marques esteve também na origem do segundo golo aos 64 minutos. Num momento de infelicidade para a defesa visitante foi João Toste que tentou o atraso de cabeça e acabou por trair o seu guarda redes. Gonçalo evitou ainda terceiro ganhando no duelo com Tomás uma… e duas vezes. 

O Marítimo cumpriu a obrigação de vencer mas só festejou a manutenção no balneário quando terminou o jogo no Pico. O próximo Campeonato dos Açores volta a ter, pelo menos, duas equipas da Graciosa.