Graciosa Online

Ophelia é furacão

A probabilidade de atingir a Graciosa continua nos 10%

Ophelia é furacão


O Instituto Português do Mar e da Atmosfera informou hoje que, às 09h (hora dos Açores), o centro do furacão Ophelia (categoria 1 na escala de Saffir-Simpson) se localizava a 1165 km a SW dos Açores, verificando-se um aumento da intensidade do vento nas últimas 12 horas: vento médio estimado de 140 km/h e rajadas da ordem dos 170 km/h. 

O ciclone Ophelia está já a deslocar-se para NE a 06 km/h podendo ainda intensificar-se um pouco mais nas próximas horas. 

Prevê-se que nas próximas 48 horas mantenha esta direção de trajetória, começando a aproximar-se do arquipélago dos Açores, sendo esperado que às 18h (hora dos Açores) de hoje se encontre localizado a 1140 km a SW da região. 

Para Sábado, pela avaliação dos resultados dos diferentes modelos meteorológicos, não se prevê que as ilhas do Grupo Ocidental (Flores e Corvo) sofram influência deste ciclone tropical. Para as ilhas do Grupo Central (Faial, Pico, S. Jorge, Graciosa e Terceira), existe uma baixa probabilidade, entre 5 e 10 %, de as ilhas sofrerem influência deste ciclone. 

Relativamente às ilhas do Grupo Oriental a probabilidade do ciclone influenciar o estado do tempo (com vento médio igual ou superior a 65 km/h), a partir de Sábado (14 de Outubro), em S. Miguel varia entre 30 a 40 % e em Santa Maria varia de 50 a 60 %.