Graciosa Online

Orçamento participativo

Ilha Graciosa tem duas propostas vencedoras

Orçamento participativo


As propostas vencedoras do 1.º Orçamento Participativo dos Açores (OP Açores 2018) em cada uma das nove ilhas do arquipélago foram divulgadas ontem, na ilha Terceira. 

Por ilha, eram 34 as propostas finalistas na Terceira, 26 em S. Miguel, 23 em S. Jorge, 17 no Pico, 14 na Graciosa, 13 em Santa Maria, 12 nas Flores, 11 no Faial e quatro no Corvo. 

Até 30 de setembro estiveram em votação 59 propostas na área da Juventude, 40 no Turismo, 28 na Inclusão Social e 27 no Ambiente. 

Na ilha Graciosa, venceram as propostas “Quinta Mágica”, de Carlos Silva, com uma dotação de 24.800 euros, e “Oferta formativa Aprende para a vida", de Patrícia Silva, orçada em 6.200 euros. 

A proposta “Oferta formativa Aprende para a vida" são cursos básicos em horário pós laboral nas áreas de Costura, Informática, Cozinha e de Inglês, destinados à população da Ilha Graciosa, visando desenvolver competências básicas ao nível pessoal / profissional e facilitar a inserção no mercado de trabalho. 

Por sua vez, a proposta “Quinta Mágica”, visa o desenvolvimento, na ilha Graciosa, de um projeto formativo com a duração estimada de 12 meses destinado, preferencialmente, a jovens desempregados e a outros públicos com dificuldade de integração no mercado de trabalho, na área da agricultura biológica. Contemplará uma vertente de trabalho de caráter intergeracional, através da troca de conhecimentos sobre práticas agrícolas tradicionais, e que privilegie as culturas com tradição e potencial local, na ótica da valorização da produção e dinamização da economia local. 

Para além da vertente formativa, para transmissão de conhecimentos da área de especialidade, pretende-se que o projeto assegure, também, uma componente prática com acompanhamento individualizado que permita o treino de competências pessoais e sociais aos formandos, enquanto condições promotoras de uma inserção profissional de sucesso. 

O Orçamento Participativo é uma iniciativa do Governo dos Açores, desenvolvida pela Vice-Presidência com o objetivo de fomentar a cidadania ativa, promoveu a receção de ideias de cidadãos maiores de idade, mas também de jovens entre os 14 e os 17 anos para a área da Juventude, nos temas da Cidadania, Hábitos de Vida Saudável e Tecnologia. 

Todos os cidadãos interessados podem conhecer e acompanhar a execução dos projetos resultantes das propostas vencedoras, através do endereço eletrónico https://op.azores.gov.pt/.