Graciosa Online

Outra pior

2018 começou mal para a hotelaria graciosense

Outra pior


A hotelaria tradicional da Graciosa voltou a registar os piores resultados da região, em termos de dormidas e de proveitos, no arranque do ano 2018. 

Nos meses de janeiro e fevereiro (que inclui o carnaval) os estabelecimentos hoteleiros graciosenses registaram apenas 1533 dormidas, sendo 1074 em janeiro e 790 dormidas no mês de fevereiro. 

Assim, de acordo com o Serviço Regional de Estatística dos Açores, a Graciosa tem a maior quebra na região, de -20,7%, em relação ao número de dormidas que se verificaram nos dois primeiros meses de 2017 (1933). 

Quanto aos proveitos totais nos estabelecimentos hoteleiros locais, de janeiro a fevereiro de 2018, ficaram por 48.160 euros, tendo os proveitos de aposento ficado, no mesmo período, por 44.731 euros. Estes valores correspondem a variações homólogas negativas de -34,8% e de -21,9%, respetivamente.