Graciosa Online

Potenciar os burros - VÍDEO

Associação de Criadores desafia a população a aumentar o efetivo



A Graciosa tinha em cada casa um burro anão, ou dois, para ajudar no trabalho agrícola. Mas nos tempos modernos, a população de burros está reduzida a cerca de 80 exemplares. 

A raça foi reconhecida em 2015 e agora há que preservá-la, através do levantamento e inscrição no livro genealógico. 

A Associação de Criadores e Amigos do Burro Anão da Ilha Graciosa (ACABAIG), que promoveu o 1º Encontro Técnico sobre o Burro da Graciosa, pretende aumentar o número de efetivos. 

Para este encontro foi convidado o Secretário Técnico da Raça Asinina de Miranda que trouxe conhecimento, realizando-se uma sessão pública de esclarecimento e um workshop sobre o correto maneio do gado asinino. 

O cenógrafo italiano Franco Ceraolo, que escolheu a Graciosa para viver, tem sido um grande entusiasta. Na quinta onde fundou a associação recebe turistas e jornalistas de diferentes países. 

O burro ainda está muito ligado ao meio rural mas a associação pretende explorar o seu potencial para o turismo e desafia os jovens da ilha. 

A criação de novos projetos associados ao agroturismo, ou a passeios com turistas, podem ser uma importante fonte de rendimento.