Graciosa Online

Previsão da vindima - SOM

Pragas atacam as uvas de cheiro a poucas semanas da colheita



A Antena 1 ouviu, na jornada informativa desta sexta-feira, as perspetivas sobre o ano vitivinicola nas diferentes ilhas com maior tradição nesta vertente da agricultura.  

Na Graciosa, a poucas semanas da vindima, espera-se uma boa colheita nos brancos e maus resultados nos tintos. 

O tempo tem ajudado mas os pássaros comem tudo o que vai amadurecendo. As pragas atacam sobretudo as uvas de cheiro. 

A perspectiva melhora em relação ao vinho “pedras brancas”. O Presidente da Direção da Adega e Cooperativa Agrícola da Graciosa espera uma produção semelhante a 2019. João Picanço diz que há menos uvas brancas mas também são mais vinhas a produzir. 

As vendas pararam nos 3 meses da pandemia. Porém, o verão trouxe melhores resultados.  

A Adega da Graciosa consolidou uma nova marca de tintos e lançou o primeiro rosé. Neste ano de incertezas é persistente o desejo de boas colheitas.


Reportagem Antena 1: