Graciosa Online

Regionais 2020

PSD defende políticas de habitação para fixar os jovens na Graciosa

Regionais 2020


Os candidatos do PSD visitaram a zona do aldeamento do Carapacho que os candidatos do PS querem transformar em bairro social.

Em declarações à margem da visita o cabeça de lista do PSD pela Graciosa, João Bruto da Costa, afirmou que “a política de construção de bairros sociais há muito que está ultrapassada pois ela aumenta a exclusão social e a pobreza”.

Para o PSD, a Graciosa necessita de uma política de habitação que dê apoio aos jovens casais na aquisição de habitação ou no arrendamento, tendo o candidato João Bruto da Costa referido ainda que “devemos também apostar em recuperação de habitação degradada e na recuperação de casas devolutas que se possam inserir numa visão global de políticas de habitação que ajudem os jovens casais a fixar-se na Graciosa.

No Carapacho, o PSD entende que se deve investir para tornar aquela zona num local de turismo de excelência, tendo o candidato do PSD afirmado que “devemos aproveitar as nossas termas e a reconhecida qualidade medicinal das suas águas para dinamizar o turismo da ilha e assim criar mais riqueza e emprego”.

João Bruto da Costa reforçou ainda que “a opção socialista de transformar o aldeamento do Carapacho num bairro social é tudo aquilo que não se deve fazer, pois não será nem em benefício dos jovens casais à procura de habitação, nem em benefício daquela zona que necessita de uma aposta forte para desenvolver o turismo na Graciosa”.

Com a eleição de deputados do PSD pela Graciosa as políticas de habitação e de turismo serão pensadas para benefício de todos porque, como salientou João Bruto da Costa, “a Graciosa está sempre em primeiro lugar!”