Graciosa Online

Surpresa absoluta - VÍDEO

Marítimo perde, por 0-3, na receção ao penúltimo classificado



Marítimo sem confiança, Boavista feliz e um resultado que surpreende até os mais optimistas. Os azuis e brancos sofreram 3 golos na receção ao Boavista e ficaram mais longe dos 5 primeiros. O capitão Rui Marques lança o apelo de união para os 3 jogos que faltam. A manutenção na 1ª fase ficou à distância de autênticas finais. 


Mário Pereira demitiu-se e o Marítimo ficou outra vez sem treinador. Os capitães prepararam o jogo que teoricamente seria mais fácil diante do penúltimo classificado. 

A equipa da casa entrou melhor mas só criou perigo de bola parada. Livre de Tomás aos 9 minutos. 

O Boavista teve dificuldade para sair da sua área. Tomás conseguiu um bom cruzamento mas o remate de Rui Marques não saiu na melhor direção. O Marítimo também não aproveitou o vento que soprava forte e a favor na 1ª parte. O livre de Goulart aos 45 minutos foi dos poucos remates de fora da área. 

Na resposta em transição o Boavista fez o primeiro golo. Já em tempo extra foi a primeira vez que a equipa da Ribeirinha chegou à baliza contrária. Nuno Medeiros ainda travou o remate de Zula mas João Santos em posição legal, assinou na recarga. Saída feliz dos terceirenses ao intervalo.  

Na segunda parte o vento favoreceu o Boavista que foi mais ofensivo. Aos 57 minutos não parece haver infração de Rafa mas o árbitro Pedro Amaral foi peremptório a assinalar livre no limite da área e mostrou vermelho direto ao defesa do Marítimo. 

O juiz de Ponta Delgada deve ter considerado falta porque se houve braço na bola já foi dentro da área. Mais uma expulsão na equipa da Graciosa e na transformação do livre mal assinalado Zula ampliou a vantagem com 30 minutos para jogar. 

O Marítimo acusou o resultado e não ameaçou a baliza de Bruno do Ó. O remate de Tomás aos 68 minutos é um bom exemplo da falta de confiança. 

O Boavista aproveitou para dilatar a vantagem aos 71 minutos. Zula com tempo e calma fez o 0-3 que surpreende até os mais optimistas. 

A formação graciosense afastou-se dos 5 primeiros lugares.