Graciosa Online

Trabalho de conjunto

Deputados graciosenses do PS defendem a "patente" da "linha branca"

Trabalho de conjunto



Os transportes marítimos na Graciosa estiveram em debate na sessão plenária desta segunda-feira, dia em que o executivo açoriano anunciou a criação de uma nova linha. 

“Esta decisão resulta do trabalho conjunto do Governo dos Açores, dos deputados socialistas e da autarquia graciosense que encontraram uma solução que foi estudada e ponderada, sendo por isso, agora, exequível assegurar as ligações à Graciosa”, adiantou José Ávila. 

Para o deputado do PS/Açores este “é um bom exemplo do trabalho que o Partido que apoia o Governo faz e que muitas vezes é desvalorizado”. 

José Ávila destacou, também, a importância do envolvimento dos vários intervenientes, nomeadamente da Câmara e Assembleia Municipais que tinham enviado uma recomendação ao Governo: 

“Curiosamente a proposta que o PSD trouxe a esta Casa é inspirada nessa recomendação, incluindo quase integralmente sete dos 15 parágrafos do texto que o PS levou à votação na Assembleia Municipal”. 

José Ávila recordou as medidas difíceis que foi preciso tomar nos Açores: “Concordamos logo desde o início com as duas corajosas decisões do Governo dos Açores, de encerrar as ligações aéreas e marítimas, porque em primeiro lugar esteve sempre a saúde pública e era preciso combater os efeitos da pandemia que nos atingiu. 

Estas, como muitas outras decisões foram consideradas duras, mas mereceram um consenso alargado da sociedade açoriana”.

No entanto, quando se começou a delinear a retoma das ligações marítimas no Grupo Central sem tocar a Graciosa, “os deputados do Partido Socialista, em vez de baixarem os braços ou desanimarem, puseram mãos à obra e fizeram valer as suas posições, primeiro junto do Grupo Parlamentar e depois junto do Governo que, diga-se em abono da verdade, esteve sempre disponível para resolver esta situação”.



Fonte: PS Açores