Graciosa Online

Voto de pesar

PSD lembra Gabriel Melo na Assembleia Regional

Voto de pesar


Voto de Pesar apresentado na Assembleia Legislativa Regional por João Costa: 

 "VOTO DE PESAR 

GABRIEL CORREIA PACHECO DE MELO 

Gabriel Correia Pacheco de Melo nasceu a 7 de Janeiro de 1923 na ilha Graciosa, filho de Manuel Correia de Melo e de Rita Angélico Pacheco de Melo, tendo o casal tido outros seis filhos, três raparigas e a três rapazes. 

Emigrou para o Brasil em 1938, onde trabalhou e estudou durante 7 anos. Após completar o liceu, trabalhou 2 anos no consulado de Portugal no Brasil, regressando à terra natal em 1946. 

Casou com Rosa de Lurdes, tendo tido 3 filhos, o Gabriel, a Guadalupe e a Sónia, e era avô de 6 netos e bisavô de 3 bisnetos. 

Ficou conhecido na Graciosa por trabalhar, durante 22 anos, na biblioteca itinerante da Fundação Calouste Gulbenkian, transportando milhares de livros na carrinha que chegava a cada canto da ilha todos os meses e num tempo em que o acesso ao conhecimento era quase exclusivo desta atividade. 

Gabriel Correia Pacheco de Melo foi um dos fundadores do Clube Central e Recreativo de Guadalupe, em 1955, o qual deu origem ao Sporting Clube de Guadalupe, em 1962 e á Filarmónica União e Progresso de Guadalupe em 1963. 

Foi criador de gado e em tempos o maior exportador de gado da Ilha durante muitos anos, contribuindo assim para a economia local e para o rendimento de muitas famílias, tendo sido também o primeiro ganadero da Graciosa. 

Gabriel Correia Pacheco de Melo empreendeu também uma agência de bordados, outra atividade que, tendo em conta as dificuldades que se viviam naquela época, era também uma fonte de rendimento de muitos lares. 

O Sr. Gabriel era um homem bom e devoto Cristão, contribuindo para as atividades ligadas à sua fé, é lembrado por uma festa do Senhor Espírito Santo no lugar das Almas, em que juntou todas as coroas da ilha Graciosa, saindo em cortejo desde a sua casa até àquele lugar. 

Foi também eleito local, tendo desempenhado as funções de Presidente da Junta de Freguesia de Guadalupe, no mandato de 1980 a 1983. 

Era o homem mais idoso da Ilha Graciosa desde 2016. 

Gabriel Correia Pacheco de Melo era um ilustre Graciosense, contador de histórias e divulgador da cultura da ilha, tendo ficado conhecido por todos pela sua cultura, sentido de humor e também pelos episódios que relatava com alguma graça e que perpetuou em livro em 2017 com o título “O Cantinho do Gabriel” que relata algumas das histórias que conhecia e que, com maior ou menor interação, também havia participado, surgindo a ideia de publicar em livro aquilo que já Gabriel Melo fazia em tertúlias familiares ou entre amigos e que também divulgou na rubrica criada no programa da Rádio Graciosa “Hoje é Domingo” da autoria de Aristides Silva e Hélder Medina que se intitulava “As Histórias de Gabriel Melo” e também com a gravação de mais de 30 episódios em vídeo em que Gabriel Melo contava todas as peripécias no programa “O Cantinho do Gabriel”. 

Gabriel Correia de Melo faleceu aos 98 anos no passado dia 10 de Junho de 2021, deixando a sua família, a Freguesia de Guadalupe e a Ilha Graciosa de luto. 

Assim, o Grupo Parlamentar do PSD propõe a aprovação do seguinte voto de pesar: 

A Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores manifesta o seu pesar pelo falecimento de Gabriel Correia Pacheco de Melo, cujo contributo de vida na cultura, na vida pública e social, e até na economia da ilha Graciosa sempre demonstrou com notoriedade o seu empenho pela sua terra e pelas suas gentes. 

Que deste voto seja dado conhecimento à família enlutada, à assembleia de freguesia de Guadalupe e à assembleia municipal de Santa Cruz da Graciosa. 


Horta, sala das sessões, 15 de junho de 2021

Os Deputados do PSD"