Local

Governo apresenta queixa à inspeção do ambiente contra a câmara das Velas por causa da lixeira dos Rosais (Vídeos)

O depósito ilegal de resíduos na freguesia dos Rosais foi identificado há alguns meses pelo serviço de ambiente da ilha de São Jorge. Os terrenos são propriedade da Câmara das Velas que não conseguiu resolver a situação.

Há quem continue a fazer despejos ilegais depois do encerramento das lixeiras, apesar da existência de aterro e de recolhas regulares de resíduos.

A Direção Regional do Ambiente diz que os terrenos são da autarquia, que nunca resolveu o problema. O processo está agora na competência da inspeção do ambiente.

O processo foi remetido para a inspeção de ambiente.

Para facer face a problemas deste género foi desenvolvido um projeto de apoio às autarquias para financiar a construção de ecocentros em zonas que se justificam. São espaços para ao depósito de diferentes tipos de resíduos que são depois encaminhados para os centros de processamento. Mas apenas 3 freguesias do Faial aderiram.

Para os singulares as multas vão dos dois mil aos dez mil euros. 

As entidades coletivas que forem apanhadas a depositar resíduos perigosos ou não podem pagar uma multa que vai dos doze mil aos vinte e quatro mil euros.




A posição do governo:


 


RTP-Açores