Local

Marinha faz levantamento hidrográfico do mar profundo açoriano (Vídeo)

Esta é uma missão de 58 dias com uma equipa de 40 militares da marinha e dois observadores de cetáceos da Universidade do Porto, em articulação com entidades regionais.

O navio hidrográfico D. Carlos I tem feito do mae dos Açores um labortório de investigação, sendo esta uma das missões deste navio da marinha portuguesa. 

Nesta missão as atenções estiveram no lado do grupo ocidental com descobertas que, segundo os hidrógrafos, terão grande impacto para a comunidade científica. 

O Instituto Hidrográfico espera que até 2030 haja um levantamento de 100% do mar profundo açoriano, fazendo com que o navio D. Carlos I seja uma espécie de serviço público não só para a comunidade científica como para todos os que pretendam conhecer esta fronteira açoriana. 

RTP/Açores