Local

Quebras do turismo atingem os 98%, no Pico (Vídeo)

Os programas para a dinamização do turismo interno são vistos como uma boa ajuda, mas insuficiente para fazer face aos elevados encargos.

© SIARAM

Na ilha do Pico, os empresários do turismo dizem que a retoma está a ser difícil.

As quebras atingem os 98%, num setor marcado por um forte investimento nos últimos anos.

O crescimento do turismo, na ilha do Pico, até 2019, fez-se a olhos vistos e os investimentos no setor multiplicaram-se, particularmente nas áreas do alojamento local e do turismo rural.
As quebras desde janeiro e comparativamente a 2019 atingem os 98% e a retoma não está a ser fácil, falando-se mesmo em três invernos.

Paira no ar a desconfiança de uma retoma gradual e teme-se que ainda não seja em 2021 que o turismo regresse em força à ilha do Pico.

RTP/Açores