Local

Universidade dos Açores colabora com fundação espanhola num estudo sobre gaivota-de-patas-amarelas (Vídeo)

O projeto conjunto do Departamento de Oceanografia e Pescas com uma fundação espanhola, a Aranzadi, tem como objetivo estudar a distribuição e distâncias a que as gaivotas se afastam das suas colónias

© SIARAM.azores.gov

O Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores está a desenvolver um estudo sobre as gaivotas-de-patas-amarelas, em parceria com uma fundação espanhola.

O projeto arrancou em maio e desde então já foram marcadas 88 crias nas ilhas de São Miguel, Faial e Pico.

Segundo a coordenadora da Rede de Observação de Aves, o objetivo é anilhar 500 individuos e obter resultados dentro de 5 anos.

Telejornal RTP/Açores