Parlamento

Aprovação do Orçamento é vitória dos Açores, diz o CDS-PP (Vídeo)

A líder parlamentar do CDS/Açores, Catarina Cabeceiras, afirmou quarta-feira que a aprovação do Plano e Orçamento para 2021 é "decisiva para o futuro" da região para não somar uma crise económica e sanitária a uma crise política.



Na intervenção final do debate do Plano e Orçamento da região para 2022, a centrista considerou que um voto a favor daqueles documentos é uma "vitória para os Açores e para os açorianos".

"A aprovação deste Plano e Orçamento é decisiva para o futuro da região. É preciso implementar os fundos comunitários. É preciso consolidar os serviços públicos de educação e de saúde. É preciso combater a pobreza e a exclusão social", começou por dizer.

E concluiu: "não podemos somar a uma crise sanitária e a uma crise económica, uma crise orçamental e uma crise política. Não podemos, nem devemos".

A deputada do partido que integra o Governo dos Açores, juntamente com PSD e PPM, falava na Assembleia Regional, na cidade da Horta, ilha do Faial.

Catarina Cabeceiras disse ser tempo de "escolher entre a estabilidade e instabilidade", a "bonança ou a tempestade", afirmando que o CDS "não prescinde do seu papel enquanto garante da estabilidade política".

"O sucesso deste Governo é o sucesso dos Açores. Porque hoje não é a sobrevivência deste Governo que está em causa. Hoje, o que está em causa é o presente e o futuro da região", assinalou.

A líder parlamentar do CDS/Açores enalteceu ainda a atuação do executivo açoriano, que aliviou a carga fiscal e garantiu "maior estabilidade aos professores".

"Reconhecemos que muito foi feito, mas ainda há muito por fazer. Este Governo mostrou estar preparado para dar resposta às expectativas do povo açoriano", afirmou.