Parlamento

Dados do Plano de Prevenção de Comportamentos Aditivos são "divergentes" (Som)

Partidos com assento no parlamento açoriano falam em “falsificação” e “embuste” do Plano de Prevenção de Comportamentos Aditivos.

 

As acusações vieram da bancada do PSD/Açores e da representação parlamentar do PPM.

Em causa estão divergências nas datas: o Plano de Prevenção de Comportamentos Aditivos está em vigor desde 2017, mas contém, alegadamente, referências bibliográficas a documentos e a legislação publicados em data posterior.

 

Antena 1/Açores