Parlamento

PPM defende aquisição total da EDA (Vídeo)

Paulo Estêvão diz que a privatização parcial da empresa revelou-se "absolutamente ruinosa" para os Açores.

No ano passado, a empresa teve um lucro de 16,5 milhões de euros, sendo que, metade foi distribuída pelos 
acionistas.

Em tempo de crise para muitas famílias e empresa, e numa altura em que a EDA voltou a ter lucro, o PPM diz que a EDA pouco fez um prol dos açorianos

Perante este cenário de uma empresa que, na opinião do PPM, devia servir melhor os açorianos, o partido apresentou no parlamento dos Açores um projeto de resolução para que o Governo Regional compre a totalidade do capital social do grupo.

RTP/Açores