Parlamento

Proposta do PCP para combater precariedade laboral chumbada no Parlamento (Vídeo)

Comunistas pretendiam que trabalhadores em programas ocupacionais fossem considerados no processo de admissão ao quadro.

© José Miguel Ribeiro, Reuters

Sérgio Ávila, vice-presidente do governo regional, esclareceu que, no prazo de 45 dias, poderão ser integrados nos quadros da administração regional cerca de 150 trabalhadores precários.

O anúncio foi feito, no parlamento, durante a discussão da proposta do PCP para a criação de um programa urgente de combate à precariedade laboral com a realização de auditorias a toda a administração pública regional e a abertura de concursos para a admissão de pessoal. 

Jornal da Tarde RTP Açores