Política

PE: Miguel Portas do Bloco de Esquerda aposta na investigação científica nos Açores


O cabeça-de-lista do Bloco de Esquerda ao Parlamento Europeu (PE) , Miguel Portas, considera a investigação científica mais importante para os Açores do que a monocultura da vaca.


A defesa desta opinião foi feita na ilha Terceira : para os Açores, é melhor a investigação científica do que a agro-pecuária, apesar do canditado bloquista só reunir com a Associação Agrícola de São Miguel, durante a tarde de hoje.

Mas, entretanto, Miguel Portas esteve já com os pescadores da Vila micaelense de Rabo de Peixe e não teve dúvidas: classificou de medievais e calamitosas as condições profissionais dos pescadores.

O candidato do Bloco de Esquerda ao Parlamento Europeu reuniu com o Sindicato Livre dos Pescadores e mostrou-se chocado com as limitações dos pescadores aos direitos e apoios sociais, na medida em que, se não vão ao mar, não têm acesso ao Subsídio de Desemprego, nem ao Fundo de Pesca, ou seja, estão entregues a si próprios.

Carlos Tavares com Redacção da Antena 1 / Açores.